Connect with us

Famosos

Polícia do Paraná erra e Paulo Cupertino não foi preso

Claudio Augusto

Publicado há

em

Paulo Cupertino

Paulo Cupertino, acusado de assassinar o ator Rafael Miguel  não foi preso como disse a Polícia do Paraná no início da tarde desta quarta (28).O delegado-geral de Polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, disse que os policiais paranaenses se confundiram e que Cupertino segue foragido. Ademais, o próprio delegado-geral havia confirmado que o assassino estava preso.

Vale lembrar que, na última segunda-feira (26), a Polícia descobriu que o empresário fez uma identidade com uma certidão de nascimento falsa em Jataizinho, norte do Paraná. Além disso, Cupertino usava o nome de “Manoel Machado da Silva” para se esconder.

Rafael Miguel, famoso por interpretar o personagem Paçoca na novela “Chiquititas” (2013) no SBT, foi morto no dia 9 de junho de 2019. Além dele, os pais João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, também foram assassinados.

Paulo Cupertino, pai de Isabela Tibcherani, namorada de Rafael, não aceitava o namoro. Na ocasião das mortes, Rafael e os pais davam carona para Isabela, quando Cupertino teria se aproximado e atirado cerca de 13 vezes contra o ator e sua família. Desde então, o acusado segue foragido, e entrou para a lista dos criminosos mais procurados pela Polícia de São Paulo.

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

⚡EM ALTA