Connect with us

Famosos

Florinda Meza critica retirada de Chaves do ar: “Agressão contra as pessoas”

Claudio Augusto

Publicado há

em

A atriz Florinda Meza, que interpretou Dona Florinda no seriado “Chaves”, se pronunciou na noite deste sábado (01) sobre a retirada do programa do ar, além de outras produções de Roberto Gómez Bolaños, o Chespirito, que deu via ao menino do barril, ao Chapolin e outros.

Ademais, Florinda se mostrou surpreendida por não ter sido procurada em meio às negociações entre Televisa e o Grupo Chespirito, já que ela foi esposa de Bolaños. Além disso, falou que acha injusta a ação de retirar os programas do ar. “O que eu falo sobre deixar de transmitir “Chespirito”? Ainda que eu não tenha nada que ver, porque inexplicavelmente não fui convocada às negociações, creio que justo agora, quando o mundo mais precisa de diversão, fazer isso é uma agressão contra as pessoas”, declarou.

Além disso, ela crê que esta é uma medida que vai contra interesses comerciais e dos fãs dos produtos de Bolaños. “Isso vai contra seus próprios interesses comerciais, porque nesse momento queremos ver tudo aquilo que nos lembre um mundo que foi melhor. Chespirito já é um programa de culto. É parte do DNA dos latinos, o levamos na memória genética”.

Leia mais: SBT escala “Chaves” no início da tarde e tem ótima audiência após fracasso do “Primeiro Impacto”

Florinda Meza ainda disparou que a decisão fere a memória de Roberto Bolaños e vai contra o compromisso que ele sempre prezou em vida: Com o público. “Pretender eliminá-lo de uma vez é uma medida pouco inteligente. É triste comprovar como em sua própria casa, a que te deu milhões de dólares, é onde menos te valorizam. Nunca pensei que aconteceria, mas pela primeira vez encontro uma razão para dizer: que bom que meu Roberto [Bolaños] não está neste mundo! Este ato incompreensível é um golpe em sua memória e o que ele mais respeitava: o público”.

Por fim, Florinda atacou os executivos que tiraram “Chaves”, “Chapolin” e outros programas do ar: “Talvez alguns executivos sem visão queiram apagá-lo, mas no coração e na memória dos bons que sempre o seguiram. Estará mais vivo do que nunca. É verdade que sim?”, encerrou a atriz.

Chaves sai do ar no SBT e pelo mundo

O seriado “Chaves” vai sair do ar no SBT. Após mais de 36 anos de exibição, a emissora informou na tarde desta sexta (31) que os personagens da vila mais famosa do mundo vão deixar a grade de programação.

Ademais, o motivo da saída de “Chaves” é um impasse na renovação de contrato entre a rede mexicana Televisa e o Grupo Chespirito, dono dos direitos dos roteiros de Roberto Gómez Bolaños (1929-2014). O contrato antigo vence nesta sexta, 31 de julho de 2020.

Contudo, esse imbróglio não tira “Chaves” somente do SBT, mas também do Multishow, na TV paga, do Amazon Prime Vídeo, plataforma de streaming e de qualquer lugar ou emissora que seja exibido. Nem mesmo a própria Televisa poderá mostrar o seriado enquanto não selar outro acordo. Episódios salvos no YouTube também devem ser alvo da ação.

A notícia de que perderia a exibição de “Chaves” chegou ao SBT na última quarta (29), justamente no dia que começou a levar o seriado ao ar mais uma vez durante a semana e viu o ibope da tarde subir de 2 para 7 pontos de um dia para o outro.

A emissora de Silvio Santos já ordenou que suas afiliadas não exibam mais “Chaves” a partir deste sábado (01). Vale lembrar que o SBT exibia a série nacionalmente entre a madrugada e manhã de sábado e nas manhãs de domingo. Uma das alternativas pensadas são reprises da série The Big Bang Theory e Patrulha Salvadora (spin-off de Carrossel).

Nota do SBT sobre a perda de Chaves

O SBT emitiu nota sobre a saída de Chaves da programação. O seriado fica fora do ar até que possa ter um acordo entre a Televisa e a família de Bolaños. Veja abaixo.

“A partir deste sábado, 01 de agosto, o SBT deixará de exibir o seriado Chaves. A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/07), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias. A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado.

No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou a apenas poucos dias do fim do contrato. O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente”.

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

⚡EM ALTA