Televisão

Datena perde a cabeça ao vivo por conta de aumento: “Que canalhice!”

Jornalista se revoltou com aumento dos combustíveis

José Luiz Datena soltou o verbo mais uma vez durante o “Brasil Urgente” desta quinta-feira (15). O jornalista se revoltou na Band ao vivo com mais um aumento no preço dos combustíveis. Ele disse que a alta da gasolina e diesel vai impactar principalmente os mais pobres.

“Aumentou a gasolina de novo? Que canalhice! Essa coisa vai estourar. Não vai dar certo isso. As pessoas não tem dinheiro pra botar combustível. Quem pode se virar vai pro transporte público, mas aí corre risco de morrer com condução lotada com 14 milhões de pessoas dentro do transporte coletivo. Não tem cabimento uma coisa dessa. É só no nosso?”, questionou Datena.

Em seguida, ele comentou sobre o impacto de mais um reajuste. “Aumento de gasolina de novo… O aumento do diesel vai direto pro preço do alimento. O sujeito não tem mais o que comer, ainda mais com o dinheiro do auxílio desse Paulo Guedes de R$250. O que vai adiantar? Daqui a pouco nem chuchu vai poder comer. Carne é coisa que o cara só ve na novela ou em comercial de TV. Por que vocês não vão…? Foi isso mesmo que você pensou! Que barbaridade…”, detonou. Confira a fala de Datena abaixo a partir do minuto 1h50′.

Datena dispara críticas contra Jair Bolsonaro

O jornalista José Luis Datena disparou mais críticas contra o presidente Jair Bolsonaro durante o “Brasil Urgente” da última segunda-feira (12). Ademais, ele criticou a ligação divulgada entre o mandatário e o Senador Jorge Kajuru. Na conversa, ele critica Randolfe Rodrigues e ainda pede impechment contra os ministro do STF.

“Hoje de manhã, o Bolsonaro saiu lá da porta do Palácio e disse ‘olha, como é que pode gravar o Presidente da República? Não tem cabimento gravar, só com autorização judicial em alguns casos…’ O Kajuru diz que ele sabia que estava sendo gravado. Eu questionei e achei estranho isso”, iniciou Datena.

“O que a gente conseguiu com exclusividade, que o Kajuru não tinha divulgado, é um ataque do presidente Jair Bolsonaro a alguns senadores e, especificamente, ao Randolfe Rodrigues, que é o senador pelo Amapá. Ele (Bolsonaro) o xinga inclusive”, continuou o jornalista.

Em seguida, ele disparou críticas contra Bolsonaro. “O mais grave é quando, no momento da conversa, o Bolsonaro fala ‘Olha, você tem que entrar com o pedido de impeachment contra ministros do Supremo’. Pô, mas isso é um caso claro de uma agressão à democracia. Não pode um Presidente da República falar para o senador pra entrar com ação contra os ministros do Supremo porque isso é um poder em interferindo no outro. Isso é uma calamidade”, disparou Datena.

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo