Famosos

Bolsonaro xinga “Jornal Nacional”, chama de ‘lixo’ e dispara: “Prefiro ver o Chaves”

Presidente atacou o telejornal em sua live

O presidente Jair Bolsonaro disparou mais uma crítica ao “Jornal Nacional“, da Globo, durante sua live semanal nesta quinta-feira (06). O mandatário afirmou que o telejornal apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos é um ‘lixo’. Em seguida, disse que prefere assistir o seriado “Chaves”.

Ademais, na live, Bolsonaro falava sobre a inauguração da ponte do Abunã, que faz uma ligação entre Acre e Rondônia. Ele estará presente em Porto Velho, capital de Rondônia, e comentou sobre a cobertura do jornal global.

“Você sabe o que o JN vai dar? Isso aí é um lixo, eu não assisto essa porcaria. Prefiro assistir ao Chaves. Muito melhor. [A Globo] Vai dizer que o presidente, sem máscara, estava na ponte. Já não encheu o saco falar isso aí?”, disparou o chefe de Estado.

Em seguida, ele comentou sobre a forma que a imprensa cobre seu comportamento na pandemia. “Querem que eu faça discurso com máscara. Eu estava no final do ano em São Paulo, fui passear de jet ski e mergulhei. Depois fui falar com o povo. E o Estadão publicou: Bolsonaro nada sem máscara na Praia grande. Para fazer piadas, essa imprensa é boa”, falou. Confira.

Enquanto Bolsonaro xinga o “Jornal Nacional”, Alexandre Garcia fica sem palavras na CNN Brasil

Alexandre Garcia foi colocado na parede pelo jornalista Rafael Colombo durante o programa “CNN Novo Dia“, da CNN Brasil nesta quinta-feira (06). O veterano ficou sem fala após um questionamento do colega e se irritou.

Ademais, tudo começou com uma fala de Alexandre Garcia durante o quadro “Liberdade de Opinião”. Ele comentou a fala do presidente Jair Bolsonaro em que indicou que pode editar um com base no artigo 5º da Constituição de 1988 contra medidas restritivas impostas por prefeitos e governadores.

“Tem que haver um decreto pra cumprir a Constituição. Vi hoje no jornal, ‘Bolsonaro é ameaça com decreto’. Estamos ameaçados de que alguém nos faça cumprir a constituição. Isso resume tudo. Como ele chamou? De pleonasmo abusivo. Um decreto pra fazer cumprir a Constituição”, opinou o comentarista.

Em seguida, Rafael Colombo rebateu: “Mas a constituição dá direito a vida também, né, Alexandre? Os governadores e prefeitos não estão tentando garantir o direito a vida?”, questionou.

Então, Alexandre Garcia ficou sem reação e permaneceu em silêncio e imóvel por alguns segundos. Colombo decidiu encerrar a participação do colega, já que pareceu que não havia lhe ouvido. “Valeu, Alexandre, a gente volta a conversa amanhã”.

Porém, o veterano esbravejou e mostrou insatisfação: “Eu tô sendo entrevistado”, disse. “Desculpa, pensei que você não tivesse ouvido”, falou Colombo. “Não sei se a gente volta”, encerrou Alexandre Garcia. Com isso, Rafael Colombo deu um ‘ok’ e seguiu com o noticiário.

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo