Connect with us

Notícias

Bolsonaro anuncia desistência do Renda Brasil e continuidade do Bolsa Família: “Jamais tiraria dinheiro dos pobres”

Lucas Guedes

Publicado há

em

Jair Bolsonaro publicou um vídeo nas redes sociais para divulgar que desistiu do Renda Brasil, e que vai continuar com o programa Bolsa Família. O presidente afirmou ainda que não achou uma boa ideia congelar o salário de aposentados e pensionistas para financiar o projeto que estava em pauta.

“Eu já disse há algumas semanas que jamais vou tirar dinheiro dos pobres para dar aos paupérrimos. Quem, porventura, vier me apresentar uma medida como essa, eu só posso dar um cartão vermelho para esta pessoa. É gente que não tem o mínimo de coração o mínimo de entendimento de como vivem os aposentados no Brasil”, disse Bolsonaro. “Pode ser que alguém da equipe econômica tenha falado neste assunto. Mas, por parte do governo, jamais vamos congelar salários de aposentados, bem como jamais vamos fazer com que o auxílio para idosos e pobres com deficiência sejam reduzidos por qualquer coisa que seja”, continuou.

A mensagem foi compartilhada após uma reunião do presidente com Paulo Guedes, que sugeriu anteriormente desvincular o reajuste do salário mínimo das aposentadorias como forma de financiar o Renda Brasil. Bolsonaro disse que esta possibilidade está totalmente descartada. “Até 2022, o meu governo está proibido de falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”, afirmou.

+Lula se coloca a disposição dos brasileiros e critica Jair Bolsonaro: “Insensível, irresponsável e incompetente”

Paulo Guedes justifica palavras de Bolsonaro

Após o posicionamento de Bolsonaro, muitas pessoas passaram a se perguntar sobre um desgaste entre o presidente o ministro da economia. Entretanto, Paulo Guedes afirmou que as palavras de Bolsonaro não foram destinadas a ele. “O cartão vermelho não foi para mim. Conversei com o presidente hoje cedo. Conversamos sobre as notícias dos jornais. Eu lamentei muito essa interpretação porque, na verdade, tem uma PEC falando justamente em devolver à classe política brasileira o comando sobre os orçamentos públicos”, disse.

Jornalista formado em 2019, atuando no Todo Canal para transmitir informação e entretenimento.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

⚡EM ALTA