A Fazenda Cláudio Augusto

A Fazenda 11: Sabrina Paiva é vítima de racismo: ‘Vai macaca, senta aí’

A Fazenda 11: Sabrina Paiva é vítima de racismo: ‘Vai macaca, senta aí’

Sabrina Paiva foi vítima de racismo em “A Fazenda 11” na noite desta terça (06). Isso porque, após vencer a Prova do Fazendeiro e voltar para a sede, um funcionário que trabalha nos bastidores, ou seja, escondido atrás dos vidros, disse em alto e bom som: “Vai macaca, senta aí”.

+ Enquete A Fazenda 11: Andréa x Thayse, quem deve ficar?

A declaração foi feita alguns segundos antes de Marcos Mion entrar ao vivo na sede e comentar a vitória de Sabrina com todos os peões da casa.

Veja o vídeo da ofensa a seguir:

Prontamente, todos começam a comentar sobre a fala racista, que pegou a todos de surpresa. “Eu acho que aquilo foi para mim…Eu era a única que estava em pé. Na hora em que eu fui tomar água, estava todo mundo sentado, aí eu ouvi ‘senta aí macaco”, comentou Sabrina Paiva com os peões.

“O que o cara falou foi muito grave, sabia?”, disse Rodrigo Phavanello, que também ouviu a ofensa.

RecordTV se pronuncia sobre racismo contra Sabrina Paiva

No fim da manhã desta quarta (06) a RecordTV se pronunciou sobre o caso de racismo. Em nota divulgada, o canal disse que identificou o agressor e o demitiu. Trata-se de um operador de câmera.

Confira a nota na íntegra

“A Record TV informa que ontem, 05/11, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva.

Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente.

A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar.

A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções.”

 

Cláudio Augusto

Sobre o autor | Website

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pelos laboratórios de programas da Rádio Universitária da UFG e estágio na editoria do programa Jornal do Campo, da TV Anhanguera de Goiânia.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.