Connect with us

TV Paga

Weintraub discute com Monalisa Perrone durante entrevista ao vivo na CNN Brasil

Luiz Rodrigues

Publicado há

em

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, se estranhou e trocou farpas com a jornalista Monalise Perrone durante uma entrevista ao vivo na edição desta sexta-feira (15) do Expresso CNN.

À princípio, a entrevista seria sobre a possibilidade de cancelamento ou adiamento do Enem. Porém, com a saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde, Monalisa resolveu questioná-lo sobre a instabilidade do governo, já que o cargo de ministro da Saúde foi trocado duas vezes em menos de 30 dias, em plena pandemia de Covid-19.

Logo na abertura da entrevista, Monalisa Perrone questionou ao Ministro “como fica participar de um governo com uma instabilidade tão grande em relação a uma das principais pastas deste momento [saúde]” e também pediu para que ele falasse como está o governo neste momento.

O Ministro rebateu a apresentadora dizendo que poderia comentar sobre, mas que o assunto não havia sido combinado.

Monalisa explicou que fez a pergunta por Abraham ser um Ministro relevante e ressaltou que “precisamos saber como fica o governo daqui pra frente”.

“Eu vou responder a sua pergunta, sem problema nenhum, mas quando a gente combina uma coisa, a palavra tem que ser honrada”, disse Weintraub.

“Às vezes, a gente pode ter que renegociar o que foi combinado. Eu combinei uma coisa de falar do Enem. Vamos começar falando do Enem, vamos ver como evolui. E, lá pelas tantas, a gente pode até fazer uma pergunta sobre como foi a mudança. Mas acho que não contribui muito. É a primeira entrevista que você está fazendo comigo e já chegar descumprindo o que tinha sido combinado, mas tudo bem”, argumentou o ministro.

“Você é um representante do governo. Nós estamos perguntando sobre um colega do senhor. Mas se o senhor não quiser responder o que o Brasil inteiro gostaria de saber, o senhor fique à vontade”, rebateu Monalisa.

“Eu vou responder. Eu só tô salientando que, nesse processo, eu pedi a Renata [Agostini] e pedi ao Caio [Junqueira], porque eu não te conhecia. Eu sabia que a Renata e o Caio não fariam assim de sair da pergunta. Seguiriam o que tinha sido combinado”, falou Abraham.

Monalisa, então, interrompeu a fala do ministro e disse que, se ele preferisse, a entrevista poderia ser encerrada.

“Se você deixar eu terminar de falar, eu agradeço”, finalizou o Ministro.

+ Mandetta critica Bolsonaro na CNN americana e diz que Brasil pode se tornar o país com mais casos de Covid-19 no mundo

A partir daí, Abraham ressaltou que era necessário seguir o roteiro e a entrevista seguiu normalmente, com a resposta de Abraham a pergunta de Monalisa e, depois, perguntas sobre o Enem.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Publicidade

⚡EM ALTA