Connect with us

Famosos

Patrícia Abravanel comemora cargo do marido e publica fotos da posse como ministro: “Tão marcante em nossas vidas”

Claudio Augusto

Publicado há

em

A apresentadora Patrícia Abravanel compartilhou nesta sexta (19) fotos da cerimônia de posse do marido Fábio Faria como novo ministro das comunicações do governo de Jair Bolsonaro. Além disso, a filha de Silvio Santos aproveitou para parabenizar e comemorar o novo cargo do companheiro.

“Meu amor, quero registrar aqui esse momento tão marcante em nossas vidas. Que Deus abençoe seus passos e suas decisões. Que a paz venha sobre a nossa nação”, disse na legenda das fotos, que registraram também a presença de seu filho mais velho Pedro, além das irmãs Renata, Daniela e Rebeca.

Posse de Fábio Faria

O deputado federal Fábio Faria (PSD) tomou posse na última quarta (17) como novo ministro das Comunicações do governo Jair Bolsonaro (sem partido). A esposa Patrícia Abravanel marcou presença na posse ao lado do filho mais velho Pedro, além do cunhado Alexandre Pato.

+Fábio Faria, genro de Silvio Santos, é nomeado como novo ministro do governo Bolsonaro

Fábio foi nomeado como ministro na última semana por Bolsonaro, ao reabrir a pasta das comunicações. Na justificativa dada pelo presidente pela escolha, Bolsonaro disse que o escolheu por ele fazer parte da família de Silvio Santos. “Vamos ter alguém que, ele não é profissional do setor, mas tem conhecimento até pela vida que ele tem junto à família do Silvio Santos. A intenção é essa, é utilizar e botar o ministério pra funcionar nessa área que estamos devendo há muito tempo uma melhor informação”, disse o presidente.

Em seu discurso de posse, Fábio Faria defendeu a imprensa e disse que o país precisa ser pacificado. “O grave momento também exige de nós uma postura de compreensão, de abertura ao diálogo. Se é tempo de levantarmos a guarda contra o novo coronavírus, também é hora de um armistício patriótico e deixarmos a arena eleitoral para 2022. É preciso sobretudo respeito, e que deixemos as nossas diferenças político-ideológicas de lado para enfrentarmos esse inimigo invisível comum que, lamentavelmente, tem tirado a vida de milhares de pessoas e gerado danos incalculáveis à economia. É hora de pacificar o país”, disse.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Publicidade

⚡EM ALTA