Connect with us

Televisão

Live de Gusttavo Lima: Saiba como assistir online nesta sexta-feira (22/05/2020)

Claudio Augusto

Publicado há

em

O cantor Gusttavo Lima realiza na noite desta sexta-feira (22/05) uma live com show para os fãs que enfrentam o período de quarentena por conta do coronavírus.

+Saiba como assistir a Live de Chitãozinho e Xororó (22/05/2020)

Ademais, esta será a terceira apresentação de Gusttavo durante a quarentena. Como as apresentações anteriores, o show vai ser mostrado no canal do cantor no YouTube, a partir das 21h (hora de Brasília). A live é intitulada “Embaixador In Casa”.

Com isso, a live pode ser vista através de smart TVs, celulares, tablets e notebooks. Contudo, se você não puder ver a transmissão original, o show ficará salvo para ser visualizada em outros momentos. Confira, a seguir, o link para acompanhar o show.

+Gusttavo Lima tem julgamento marcado com milhões de reais em jogo

O cantor Gusttavo Lima vai enfrentar um julgamento após ser acusado pelo compositor André Luiz Gonçalves de não pagar direitos autorais de música.

A disputa entre as partes será feita de forma virtual, como medida de prevenção por causa da pandemia de Covid-19. A sessão está marcada para segunda-feira (25).

O compositor pede R$ 20 milhões pelos direitos da música “Fora do Comum”, sucesso na voz de Gusttavo.

O processo contra o cantor corre na 30ª Vara Cível de Goiânia e, segundo a jornalista Fábia de Oliveira, foram realizadas duas sessões de conciliação entre eles, sem nenhum resultado.

Detalhes do processo contra Gusttavo Lima

André alega que Gusttavo teria feito uso indevido da música, e por isso, entrou com a ação pedindo danos morais e materiais.

“Ele me chamou pra fazer uma parceria. Ele pediu pra eu gravar a música e mandar pra ele. Registrei a música e mandei pra ele. Passou uns dias e ele me ligou dizendo que só gravaria se eu aceitasse fazer uma sociedade com ele. Eu, de boa fé, achei que ele só acrescentaria o nome dele na composição, mas ele foi lá e editou metade da música e registrou como 50% sendo de autoria dele”, explicou o compositor à coluna de Fábia.

“Pra não perder tudo eu fui em outra editora pra registrar os meus 50% e não deixar de receber, porque quando eu fui registrar 100% da música no meu nome ele já havia feito o registro de metade. Ganhou esses anos todos com execuções nas rádios, plataformas digitais, além das vendas de CD’s e DVD’s”, concluiu André Luiz.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Publicidade

⚡EM ALTA