Famosos

Gabriel Cartolano sente vergonha alheia de Patricia Abravanel e ela rebate

Apresentador revelou que se envergonhou pela colega

Gabriel Cartolano, apresentador do “Vem Pra Cá” ao lado de Patricia Abravanel revelou que sentiu vergonha pela colega de palco. Ademais, a situação aconteceu após os artistas reverem alguns dos melhores momentos de quase um mês de programa no SBT.

Primeiramente, foram exibidos os tombos dos dois no palco. Em seguida, foi reprisada a participação do ator Caio Castro, na qual Patricia Abravanel disse que o artista era um “galã nota 7″. Então, Gabriel Cartolano avaliou a afirmação. “Nossa. Eu fiquei com vergonha”, disparou. “Eu errei. Errei”, admitiu a filha de Silvio Santos.

Foi aí que a apresentadora se explicou e disse que se sentiu pressionada. “Gente, mas ele sabe que é bonitão. Desculpa, eu acho o meu marido [o Ministro das Comunicações Fábio Faria] dez”, encerrou.

Enquanto Gabriel Cartolano sente vergonha por Patricia Abravanel, Datena briga com a própria produção

José Luiz Datena segue irritado com a própria equipe do “Brasil Urgente. Nesta segunda-feira (19), o jornalista perdeu a paciência ao ser atrapalhado por uma produtora que se comunicou com ele pelo ponto eletrônico na hora errada.

Na situação, Datena teria que chamar Cátia Fonseca para uma conversa após a veiculação de um VT. Assim, no fim da gravação, o apresentador advertiu a produtora. “Débora, meu amor, não dá pra você falar no fim do VT, meu amor. Eu já estou falando isso há 312 anos, meu amor. Quando o homem para de falar, eu tenho que falar com a Cátia, com o Lucas, com esse pessoal todo. Tem que falar com pessoal aqui se não fica chato e, depois, dizem que eu sou chato né?”, perguntou Datena.

Mais tarde, o jornalista voltou a se irritar. Desta vez o alvo foi o repórter Felipe Garrafa. Datena gritou para que o colega de trabalho lhe passasse mais informações. No momento, o apresentador percebeu um trem da Estação da Luz se apagando.

“Eu presto atenção em tudo. O trem está parado ali, eu acho que eu vi. Teve um momento que apagou o trem, não tem? Garrafa, acorda aí meu filho! Pode deixar que eu falo aqui mesmo. Eu estou de olho aqui, vocês pensam que eu sou trouxa, eu tenho cara de bobo e jeito de andar velho”, disparou.

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo