Connect with us

Famosos

Funkeira morre dez dias após fazer procedimento estético

Claudio Augusto

Publicado há

em

A funkeira Fernanda Rodrigues, mais conhecida como MC Atrevida, morreu dez dias depois após ser submetida a uma plástica. O procedimento foi feito em uma clínica no Rio de Janeiro.

Leia mais: Chris Flores detona pessoas que promovem festas durante a pandemia: “Egoístas, nojentos”

Ademais, Fernanda fez uma lipoescultura para a retirada de excesso de gordura nas costas para injetar nos glúteos. Segundo a Revista Quem, a MC, após sentir passar dias sentindo dor, foi encaminhada para o Hospital Municipal Evandro Freire no dia 26 de julho. “A paciente foi encaminhada para UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave, mas morreu no dia seguinte”, disse a Secretaria de Saúde.

A dona da clínica onde o procedimento disse estar com a consciência tranquila. “Estou sem advogado ainda. Eu estou com a minha consciência supertranquila quanto ao procedimento, que foi feito corretamente. A gente não coloca nenhuma mistura no bumbum de ninguém. Pelo que entendi, quando foi colocada a gordura, já tinha algo que misturou lá e deu problema. Quem tem algo no bumbum não pode mexer, isso é uma bomba”, afirmou Wania Tavares.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Publicidade

⚡EM ALTA