Connect with us

Famosos

Em rede social, dono da RedeTV! defende fim da quarentena e reabertura do comércio

Leandro

Publicado há

em

Acionista e vice-presidente da RedeTV!, Marcelo de Carvalho usou sua conta oficial no Twitter para sugerir uma série de ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Sempre se posicionando de forma contrária ao isolamento social, o executivo reagiu ao comentário de um internauta, que lhe cobrou propostas ao invés de críticas. Ele defendeu a reabertura do comércio e a importância dela ser conduzida por um protocolo claro de proteção, além do uso de máscaras por toda a população até a diminuição da pandemia, cuidados de higiene e precauções com os grupos mais vulneráveis, especialmente idosos e pessoas com condições especiais de saúde.

“Recebi um comentário de um ‘seguidor’ ultra esquerdista, adepto histérico e cego da quarentena, dos slogans como o estupido ‘Fique em Casa’ dizendo que eu só critico mas não proponho nada. Então vamos lá, quero saber sua opinião”, explicou Marcelo ao expor tudo em uma sequência de posts.

+ Dono da RedeTV! critica medidas preventivas tomadas em São Paulo: “Absurdo”

“Reabrir o comércio e as empresas. Permitir que a população saia e tome ar fresco e a vitamina D do sol. Incentivar os esportes e exercício ao ar livre”, destacou ele. Na sequência, prosseguiu apontando outras medidas, reproduzidas em lista abaixo:

– Uso geral e absoluto de máscaras ao sair até a diminuição da epidemia para proteger a si e aos outros;

– Uma campanha obsessiva, maciça, abordando a higiene e cuidados pessoais e como proceder quanto ao contato com os outros;

– Que essa abertura se dê com um protocolo claro de proteção para estabelecimentos comerciais, restaurantes, escolas e demais;

– Proteção, inclusive isolamento, dos mais vulneráveis, especialmente os idosos e pessoas com condições especiais de saúde;

– Testagem maciça para detecção dos eventuais clusters;

– Investimento na melhoria e capacidade das enfermarias e UTIs para atendimento do percentual dos contagiados que necessita de cuidados hospitalares;

– Divulgação clara do número de curados, das experiências bem sucedidas nos países que não fecharam. Destruir com argumentos da ciência, da medicina e das experiências internacionais a tentativa de controle das massas através do pavor e da disseminação de slogans como o “FiqueEmCasa”, que hoje percebemos que fracassou por todo o mundo;

– Proteção e incentivo à retomada dos negócios e dos empregos. Linhas de crédito que cheguem efetivamente às empresas. Campanha na linha do “BRASIL vai voltar a crescer”;

– Entendimento de alto nível entre os poderes visando a reconstrução nacional.

Leandro Mendonça é o nosso Editor Chefe. Formado em Administração pela Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED). Teve passagem pelo RD1 Audiência, e atualmente também colabora no site NaTelinha, contribuindo com otimização SEO.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

⚡EM ALTA