Connect with us

Famosos

Casagrande chora com morte de Maradona e desabafa: “Sofro quando morre um dependente químico”

Claudio Augusto

Publicado há

em

casagrande
Imagem: Montagem/Todo Canal

Walter Casagrande, comentarista da Globo, chorou ao vivo durante o “Jornal Hoje” desta quarta (25) ao falar sobre a morte de Maradona. No seu relato, ele citou a própria dependência e de Maradona. O ex-jogador faleceu vítima de uma parada cardiorrespiratória, aos 60 anos.

“Eu estou bem chocado, mas também pelo Vannucci, está bem difícil. Joguei na mesma época que ele na Itália, com o irmão dele, tive bastante contato. Sempre me tratou muito bem. Sempre tive essa preocupação com o problema da dependência química, que eu também tenho e me tratei”, disse Casagrande em sua participação ao lado de Maju Coutinho,

Em seguida, o comentarista lamentou que ninguém em volta de Maradona tenha cuidado dele durante o quadro de dependência química: “Sempre fiquei revoltado com quem estava ao redor dele. Quem está ao redor está vendo que ele está indo para o fundo do poço, destruindo a vida dele. E ninguém faz alguma coisa para evitar isso? Eu fico chocado pela perda de um grande jogador, um cara que conheci e gostava muito e por um dependente químico porque eu sofro muito quando morre um dependente químico. É muito duro”, encerrou Casagrande.

Morte de Maradona

Diego Armando Maradona, maior jogador de futebol da história da Argentina, morreu nesta quarta (25/11), aos 60 anos de idade. Segundo o jornal “Clarín”, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, Argentina.

Ademais, vale lembrar que o ex-jogador passou por uma cirurgia no cérebro para tratar um hematoma subdural. “Sempre é preciso cuidar dele, agora ainda mais”, disse Leopoldo Luque, médico de Maradona após ele receber alta no último dia 11.

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

⚡EM ALTA