Televisão

Ana Maria Braga é detonada por chef africano após reação com prato: “Nojenta e mal-educada”

Reação da apresentadora irritou o cozinheiro

Ana Maria Braga foi detonada pelo chef Sam, camaronês do restaurante Mama África, após a reação dela ao vivo no “Mais Você” ao provar um prato do cozinheiro. A apresentadora, ao lado do jornalista Thiago Oliveira, riu da aparência da comida.

“Tô só olhando a cara do Thiago olhando para o prato dele [Risos]. Rapaz do céu, que horas são, mesmo? Presta atenção, vamos juntos, que se a gente passa mal, passa mal junto…”, comentou Ana Maria Braga. Em seguida, ela e o colega ainda disseram que a comida era difícil de engolir. Confira o vídeo.

Leia mais > Repórter é quase atropelado ao vivo na Band e Datena reage: “Fique esperto aí”

Então, Sam, autor do prato, ficou revoltado. “O que vocês acharam da reportagem? Gente, que absurdo, né?”, lamentou. Contudo, o chef compartilhou um comentário de um seguidor que detonou a apresentadora global. “Ana Maria Braga, confesso que hoje fiquei muito decepcionado por seus comentários sobre comida africana. Foi uma atitude nojenta e mal-educada. Sinceramente, foi um tapa sem tamanho na nossa cara como africanos. Você deu argumentos para pessoas que já têm preconceito com a comida africana. Uma verdadeira vergonha, falta de profissionalismo de sua parte”.

Ademais, o preparo do chef era um ugali, um prato queniano à base de farinha de milho e água. Além disso, era acompanhado por um refogado de carne bovina e peixe defumado com cebola, tomate, cenoura, pimentão, espinafre, ervas e sal.

Assim, por meio de sua assessoria, Ana Maria Braga se desculpou pela brincadeira. “Me desculpo se, na interação com o repórter, nossa brincadeira possa ter ofendido. A ideia foi dividir com os telespectadores instantes de descontração e nunca um sentimento de desrespeito. Conheço a culinária, admiro, gosto muito e recomendo que todos busquem experimentar”, afirmou.

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo