Connect with us

Notícias

Alexandre Frota protocola pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro

Claudio Augusto

Publicado há

em

Alexandre Frota, deputado federal do PSDB de São Paulo, protocolou nesta quinta (19/03) protocolou pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

Antes fiel escudeiro de Bolsonaro, Frota elencou em seu pedido seis crimes diferentes que podem tirar o chefe da nação do cargo. São eles:

1. Crime de responsabilidade por convocar manifestação;

2. Crime contra a segurança nacional, por incitação e chamamento à manifestação contra a Constituição;

3. Crime contra a administração pública, por exclusão do jornal Folha de S.Paulo de um evento público;

4. Crime por descumprimento do decoro do cargo;

5. Crime contra a administração pública, por atacar as jornalistas Patrícia Campos e Vera Magalhães;

6. E, por fim, crime contra a saúde pública, por ter se juntado a apoiadores no último domingo (15/03) em protesto, mesmo em época de coronavírus.

+Morre aos 56 anos Gustavo Bebianno, ex-ministro de Bolsonaro

A denúncia tem cerca de 38 páginas. Em uma delas, Alexandre Frota afirma que Bolsonaro “foi notoriamente apoiado por movimentos de extrema direita que, após sua eleição, passaram a imputar os insucessos do Governo às supostas dificuldades provocados pelos demais Poderes, Legislativo e Judiciário. Esses movimentos de extrema direita vêm ameaçando as instituições democráticas brasileiras, com apologia ao fechamento do Congresso Nacional e do STF”.

Por fim, Frota ainda diz que os extensos ataques de Bolsonaro contra a imprensa estimula os movimentos de extrema direita a serem violentos contra os profissionais da comunicação, os quais tem garantia de liberdade pelo Estado Democrático de Direito.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

Publicidade

⚡EM ALTA